Minhas Compras
Você adicionou a sua lista de compras. O que deseja fazer agora?
Continuar Comprando! Fechar Compra!
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Festivais de verão

Festivais de verão

Todos os anos, milhares de estudantes de música viajam para diversas partes do mundo com o objetivo de participarem de festivais de música. 

Tradicionalmente esses festivais ocorrem no período de férias escolares, ou seja, janeiro e julho. 

No Brasil o festival mais tradicional ocorre no mesmo de julho, e teve como sede, até bem pouco tempo atrás, a charmosa cidade de Campos do Jordão. 

No mês de janeiro, tradicionalmente tivemos os festivais de Brasilia, Curitiba e posteriormente Poços de Caldas como principais festivais nesse período, no entanto, de alguns anos para cá, o festival de Brasilia deixou de ser realizado e as cidades de Pelotas, Jaraguá do Sul e Gramado também passaram a oferecer excelentes opções para o aperfeiçoamento desses jovens estudantes. 

A ABT solicitou a alguns desses estudantes que relatassem suas experiências vividas nos festivais que ocorreram no país nesse inicio de ano, assim os caros leitores poderão ter uma referência e se prepararem para as próximas edições.  

20º Festival Música nas Montanhas - Poços de Caldas, Minas Gerais – 10 a 19 de Janeiro

Por Murilo Anghinoni
Sinfônica Heliópolis 

O FMM é um festival muito acolhedor, ele acontece sempre no mês de janeiro e tem duração de 10 dias. Poços de Caldas é uma cidade que espera janeiro chegar para ter os estudantes de música espalhadas por toda a cidade, levando música para as praças, escolas, hospitais e teatros.

O festival é ótimo para todos os públicos, todos os instrumentos, todos os estudantes de música, podendo ser iniciante ou até avançado, você será bem acolhido. 

Uns meses antes, as inscrições para bolsistas do festival são abertas. Você manda seu vídeo e currículo e torce para ser escolhido. A bolsa consiste em: hospedagem, alimentação e aulas, tudo por conta do festival.

A classe de trompetes é sempre muito bem variada entre os níveis de estudantes, desde iniciantes até os avançados, é muito bom poder ajudar e aprender mais sobre o seu instrumento, poder fazer música com pessoas diferentes e claro, fazer novas amizades.

O atual professor do FMM é o trompetista e professor Bruno Lourensetto, um excelente professor e empenhado em ajudar todos os alunos. Atualmente ele tem contrato assinado com a Osesp (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo) e também com a Bachiana Sesi (Orquestra do João Carlos Martins).

As aulas de instrumento acontecem todas as tardes, em diversas partes da cidade, nas escolas e até mesmo nos auditórios dos hotéis.

A semana de aulas com o professor Bruno, é uma semana intensiva, pois dentro das aulas trabalhamos técnica, musicalização e repertório do grupo de trompetes, grupo de metais e também o repertório que os bolsistas estão tocando na Orquestra Sinfônica.

O professor gosta de ouvir todos os alunos (individuais), sem exceção, ele trabalha repertório que o aluno está estudando e dá varias dicas que ajudam na melhor execução da peça. Durante a semana, também trabalhamos excertos de orquestra e de provas dos principais festivais do mundo, depois, nos últimos dias, é feito uma audição simulada, obrigatório para os bolsistas, essa audição é feita em duas fases, e dessas duas fases sai um vencedor.

Durante 10 dias a cidade de Poços de Caldas respira música, tem instrumentistas tocando por todo canto da cidade, se você andar na praça principal, terá alguém estudando, se for para um hotel, bem provável que tenha um instrumentista estudando no seu quarto no hotel.

Classe do FMM 2019
Festivais de verão

9º Festival Internacional SESC de Música – Pelotas, Rio Grande do Sul – 14 a 25 de Janeiro.

Por André Lacerda
Mestre em música pela UNIRIO

O Festival Internacional SESC de Música na cidade de Pelotas, conquistou já em suas primeiras edições a preferência de muitos alunos brasileiros e estrangeiros, parte desse sucesso se dá pela escolha acertada dos professores.

Na classe de trompetes a nona edição contou com o americano James Thompson e o brasileiro Tiago Linck. Thompson é um dos grandes nomes do trompete nos Estados Unidos da América, já atuou em grandes orquestras como a Filarmônica de Nova Iorque, Sinfônica de Atlanta e Sinfônica de Montreal, atualmente é professor da Eastman School of Music e foi o idealizador do método The Buzzing Book. Como representante nacional a direção do festival escolheu o trompetista gaúcho Tiago Linck, artista do grupo Buffet Crampon e principal trompete da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre. Linck tem ocupado posição de referência como solista, músico orquestral e pedagogo, exercendo essas atividades no país e exterior.

Tais nomes atraíram uma classe muito talentosa que mostrou em suas performances na orquestra e banda acadêmica, grupo de trompetes, grupo de metais e recitais solos como a classe de trompetistas brasileiros têm um futuro brilhante. 

As classes duraram duas semanas e se dividiram basicamente em duas etapas: Aquecimento técnico coletivo e Atendimento individual.

Todos os dias a classe começou com um trabalho coletivo onde os dois professores orientaram os alunos com suas formas de trabalhar tecnicamente o instrumento. Postura, respiração, estudos de buzzing, flexibilidade e etc... foram alguns dos temas abordados pelos professores. Após esse primeiro momento os professores se dividiram e atenderam individualmente os alunos executando repertório solo, passagens de orquestra e estudos técnicos.

Classe do Festival Sesc - Pelotas 2019
Festivais de verão

36º Oficina de música de Curitiba - Curitiba - Paraná - 17 a 29 de janeiro 

Por Emerson John Marques
Bacharel em trompete - EMBAP


Nesta edição a classe de trompetes foi orientada pelo trompetista Daniel Crespo. Daniel como todos sabem é herdeiro musical do trombonista, arranjador e compositor Henrique Crespo, que ademais também foi um dos fundadores do colossal Brass Ensemble, German Brass. Sendo assim, foi neste meio musical, entre ensaios e tourneés do German que Daniel cresceu e se desenvolveu musical e artisticamente (nada mal né!?!) Não por acaso acabou se tornando aluno de Mathias Hoffs, que dispensa comentários pois é ídolo da geral.

Portanto não era pra menos que suas classes na oficina curitibana fossem de altíssimo nível pedagógico, e recheadas de conhecimento no que se refere à praxis de nosso instrumento, tanto ao redor do repertório solistico, como também sobre o trabalho em Orquestra Sinfonica.

Dos iniciantes aos avançados e também os profissionais presentes na classe, todos se sentiram contemplados pela experiência
e didáctica de Daniel;

"Sou adepto da idéia da reciclagem profissional, que nada mais é que o processo de renovação do conhecimento, tenho buscado me atualizar participando de eventos como a 36° Oficina de Musica de Curitiba dentre outros festivais nacionais e internacionais. Neste sentido digo que esta edição da oficina não deixou em nada a desejar se comparada com um festival internacional por exemplo" (Prof. Marco Xavier, aluno da classe)

Com relação à qualidade dos alunos o próprio Daniel se sentiu muito confortável e motivado com o nível encontrado na classe de trompetes, que contava com alunos de SP, PR, SC e RJ. Ou seja, o trompetistas brazucas mais uma vez fizeram bonito frente a um professor internacional.

"yo me siento encantado todas las veces que vengo a Brasil.  Acá ustedes estan produciendo cada vez mas mejores alumnos y profesionales que ya estan por casi todo el mondo. Me encantaria venir mas veces y participar de este processo de evolucionde la trompeta acá junto a ustedes". Daniel Crespo

Com doze dias de duração, formações de Banda Sinfonica, Orquestra, Ópera e Brass ensemble dentre shows nacionais e internacionais, esta foi a 36° Oficina de Musica de Curitiba.

Classe Oficina de Música de Curitiba 2019
Festivais de verão

Festival de Música de Santa Catarina - FEMUSC – Jaraguá do Sul, Santa Catarina – 24 de janeiro a 2 de fevereiro

Por Adriano Liberato Estraiotto
Bacharel em trompete - UNICAMP

O festival Internacional de Música de Santa Catarina(FEMUSC) é para mim um festival que tenho muito respeito, admiração e um carinho muito especial, pois estive presente em 4 edições das 14 que o festival já realizou.

Cada edição foi única, recheada de muitas experiências interessantes, que com certeza marcaram muito a minha vida. 

Uma das coisas que mais chama a atenção do FEMUSC é a estrutura que o festival oferece. O prédio, denominado "Scar" é simplesmente um prédio cultural fantástico, no qual possui dois teatros ( o pequeno e o grande Teatro) e centenas de salas de estudo.

Em relação é area pedagógica, é oferecido para os alunos selecionados  professores de alto nível musical, que estão atuando no mercado de trabalho atual, sejam orquestras professionais, universidades ou escolas fora e dentro do Brasil. 

O professor de trompete, Fernando Dissenha, atual 1° trompete solo da OSESP, foi escolhido para lecionar a 14° edição do FEMUSC. Foram 10 dias intensos de muito aprendizado, com uma didática incrível. O professor trabalhava no primeiro momento de cada dia os fundamentos básicos para o trompete, porém aplicando um esquema individual, possibilitando a resolução de problemas específicos de cada participante da sala de trompetes do festival. Após os fundamentos, cada dia um aluno apresentava alguma obra da literatura trompetística. 

Portanto, ir à festivais de música para mim é como se fosse uma escola, onde você respira música praticamente o dia todo, busca informações com excelentes professores, para depois poder testar e aplicar  as informações na sua prática diária.


Classe FEMUSC 2019
Festivais de verão

V Gramado in concert - Gramado Rio Grande do Sul - 01 a 09 de fevereiro

Hadassa Nogueira
Graduanda - UFOP

No festival Gramado in Concert tive experiências musicais importantes para o meu desenvolvimento musical. Os alunos participantes tiveram a chance de tocar com grandes grupos musicais, sendo eles a Orquestra A e B, Banda Sinfônica e Big Band.

Tive a oportunidade de tocar na Banda Sinfônica e na Big Band, além disso, ocorreu uma semana de masterclass com o professor Flávio Gabriel, na qual ele organizou suas aulas destinando os três primeiros dias a falar sobre concepção musical, respiração e o corpo.

Durante esses dias foi possível tirarmos diversas dúvidas acerca do processo de buscar meios naturais para tocar trompete, já os demais dias o professor Flávio ouviu cada aluno individualmente, momento esse que servia como uma “avaliação” para ver se tínhamos compreendido o que já havia sido ensinado! No entanto cada aluno tinha seu momento de vivenciar esses conceitos com a orientação do professor mais direcionada às dificuldades que eram apresentadas pelos alunos, ou seja, durante o festival tínhamos momentos individuais e coletivos na aula de instrumento.

Além dos grandes grupos como Orquestras e Bandas, também tivemos o grupo de trompete, que nos permitiu uma maior interação na classe de trompete.

No entanto o festival também teve pontos negativos, e o maior de todos foi exatamente a aula de instrumento, tínhamos duas classes de trompete, uma no período da manhã e uma no da tarde. Cada período tinha apenas duas horas de aula por dia, sendo assim, a turma da manhã tinha nove alunos para duas horas e a turma da tarde quatro alunos para duas horas de aula! Com isso, mesmo o professor da masterclass organizando os horários para cada aluno, os da manhã tinham menos orientações individuais que os da tarde. Esse sem duvida foi o ponto negativo do festival que não fez uma distribuição justa de alunos

Classe do V Gramado in concert 2019
Festivais de verão

 

Olá, deixe seu comentário para Festivais de verão

Já temos 3 comentário(s). DEIXE O SEU :)
FÁBIO SOUZA PINTO

FÁBIO SOUZA PINTO

SHOW!
UM ESTÍMULO AO ESTUDANTE DE SEMPRE.. UM ABRAÇÃO!
★★★★★DIA 31.03.19 14h00RESPONDER
Flavi Gabriel
Enviando Comentário Fechar :/
Gilson Santos

Gilson Santos

Cada experiência incrível! Parabéns !
★★★★★DIA 26.02.19 00h17RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Flavi Gabriel

Flavi Gabriel

Essa turma aproveitou mesmo. Teve gente que participou de três festivais, um atrás do outro!!!!

★★★★★DIA 27.03.19 12h43RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/